ÚLTIMA HORA: Santana Lopes vai mesmo avançar à liderança do PSD

Por Rita Almeida / Terça-feira, 10 de Outubro de 2017 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

Pedro Santana Lopes vai avançar com a candidatura à liderança do PSD. O antigo primeiro-ministro e ex-presidente do partido já tomou a decisão e deverá anunciá-la nos próximos dias. Os termos exatos e o local do anúncio formal ainda estão a ser ultimados.

A candidatura do provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa já era dada como certa nas hostes laranjas e foi agora confirmada por vários órgãos de informação.

O ex-autarca da Figueira da Foz e de Lisboa tenta o regresso a um cargo que ocupou em 2004. Apesar de só ter chegado à liderança uma vez, Santana repetiu as tentativas ao longo das últimas décadas.

Em 1996, perde contra Marcelo Rebelo de Sousa – atual Presidente da República e com quem Santana se reuniu ontem. Enfrenta Durão Barroso em 2000, mas também sai derrotado. É pela mão do próprio Durão que acaba por chegar à liderança do PSD, quando, em 2004, o então primeiro-ministro português abandona o Governo e o partido para chefiar a Comissão Europeia.

Fica pouco tempo. No ano seguinte, Santana perde as legislativas contra José Sócrates e abandona também a liderança social-democrata. “Não vou estar por aqui mas vou andar por aí”, avisa na altura. Em 2008, Santana tenta o regresso à presidência do partido mas perde para Manuela Ferreira Leite.

Agora, em 2017, Santana regressa à corrida, depois de anos como provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. É o segundo candidato à liderança do PSD, depois de Rui Rio ter confirmado que vai avançar. O ex-autarca do Porto vai oficializar a candidatura amanhã em Aveiro.

No universo dos possíveis candidatos segue-se ainda Miguel Pinto Luz, nome lançado por Miguel Relvas há algumas semanas em entrevista ao Expresso. É vice-presidente da câmara de Cascais e liderou a distrital de Lisboa até junho de 2017.

Partilhe
TOP