Eduardo Cabrita o novo Ministro da Administração Interna

Por Rita Almeida / Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

Os incêndios dos últimos dias marcaram o debate quinzenal no parlamento. O PSD desafiou António Costa a apresentar uma moção de confiança e convidou-o mesmo a demitir-se também.

Numa troca de palavras entre Primeiro-ministro e Hugo Soares do PSD e Assunção Cristas do CDS, António Costa assumiu que houve falhas em Pedrógão Grande e pediu desculpas.

O primeiro-ministro chegou a emocionar-se quando afirmou que vai viver com um peso na consciência para o resto da vida.

“Se me querem ouvir a pedir desculpas, eu peço desculpas. Sei que viverei com este peso na consciência até ao último dia da minha vida porque ainda hoje não me passou o peso na consciência que tenho. No meu vocabulário eu reservo a palavra desculpa para a minha vida privada. Enquanto primeiro-ministro o que eu uso é a palavra responsabilidade”, Debate quinzenal ontem na Assembleia da República.

Já Pedro Passos Coelho diz que sente vergonha pelo que se passou em Portugal nos últimos meses. O presidente do PSD acusa o Governo de falhar no combate aos incêndios e diz que o executivo não merece uma segunda oportunidade.

“O Estado falhou. Isso já ninguém tem dúvidas. Este governo já não merece uma segunda oportunidade porque deitou fora as oportunidades que tinha para mostrar que tinha sentido de responsabilidade. Eu sinto vergonha pelo que se passou com o país neste últimos meses, vergonha. Nunca pensei que houve um governo no país que se comporta-se desta maneira e nestes termos. Eu acho que o primeiro-ministro não tem condições para inspirar, ao país, para fazer o contrário daquilo que tem vindo a fazer”.

Eduardo Cabrita é o novo ministro da Administração Interna, sucedendo no cargo a Constança Urbano de Sousa. Durante a manhã, antes de ser conhecida a sua nomeação, Cabrita tinha dito aos jornalistas que compreendia a saída de Constança Urbano de Sousa.

“Tendo bem as condições particularmente difíceis em que a sra ministra, colega e amiga, Constança Urbano de Sousa exerceu as suas funções, manifestar toda a compreensão pela posição pessoal que entendeu assumir e todo o reconhecimento e solidariedade pelo trabalho desenvolvido”.

O novo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Para o lugar de Ministro Adjunto entra Pedro Siza Vieira.

Partilhe
TOP