Portugal em seca extrema

Por Rita Almeida / Sexta-feira, 10 de Novembro de 2017 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

Portugal encontra-se em seca extrema. O mês de outubro foi o mais seco dos últimos 20 anos com 30% de precipitação normal para a época, segundo dados do IPMA. Desde o final do mês de outubro, Portugal continental está em situação de seca severa com 24,8% e seca extrema 75,2%.

A seca extrema em Portugal está já a prejudicar culturas e pasto de animais e já se fala em calamidade. É o que acontece em Viseu.

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, afirma que deverão chegar de comboio, a partir da próxima semana, mais de 500 mil litros de água diários. Contudo, não serão suficientes.

“Só se viesse uma chuva muito forte e restabelecesse os níveis freáticos e, também, o nível da barragem. O que não é previsível. Nós estamos convictos que é um operação e se tudo correr com normalidade e regressarem as chuvas de inverno esta operação decorreria um mês”.

Almeida Henriques acredita que esta é “uma situação de emergência e “os quatro concelhos que estão com esta dificuldade não têm capacidade para aguentar este nível de despesa para fazer face a estas necessidades”.

“Nós estamos a transportar 3.300 metros cúbicos de água por dia, 112 cargas. Isto é mais ou menos um comboio de camiões cisterna de 2,5km”.

O governo já estuda outras alternativas.

“O plano B no caso de não haver capacidades dessas mesma albufeiras, para levar de comboio essa mesma água, já está desenhado caso seja necessário da montagem de uma ETAR móvel para tratar a água em pedreiras para o abastecimento”.

Quase metade das barragens do país têm disponibilidades hídricas inferiores a 40% do seu volume total, o que regista uma descida da água armazenada em 10 bacias hidrográficas. Portugal continua em seca extrema.

TOP