Portugal não fará parte de exército europeu

Por Rita Almeida / Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

O Governo vai deixar preto no branco que Portugal não vai fazer parte de um eventual exército europeu.

A garantia foi dada pelo primeiro-ministro durante o debate na Assembleia da República.

António Costa anunciou que o Conselho de Ministros vai aprovar esta quinta-feira uma resolução sobre a participação de Portugal na cooperação estruturada permanente da União Europeia.

Nessa resolução, disse o primeiro-ministro, vão ficar inscritas algumas condições para aderir a este mecanismo.

Uma dessas condições é a recusa de Portugal aderir a um eventual exército europeu, contudo as bancadas à esquerda do PS, voltaram a reafirmar que são contra a participação de Portugal neste mecanismo de defesa da União Europeia.

“Não apoiamos um exército europeu, não apoiamos o principio da especialização, nem  apoiamos que seja uma alternativa à nossa participação na NATO. Ficará tudo explicitado sempre como temos dito e portanto agora que já desistiram do diabo, não se dediquem aos fantasmas porque já está na altura de simplesmente se concentrarem na realidade que é algo essencial para travarmos o debate político”.

O Conselho Europeu decide sobre esta matéria no próximo dia 11. Até agora, 23 estados-membros já aderiram a este mecanismo de defesa da União Europeia.

Partilhe
TOP