Jerónimo de Sousa acredita num ano novo melhor

Por Rita Almeida / Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2017 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

O líder dos comunistas acusou o Governo de atrasar aumento do salário mínimo para os 600 euros. Na mensagem de Ano Novo, o secretário-geral do PCP sublinhou que, apesar disso, 2017 foi um ano de avanços na reposição de rendimentos.

“Variando as teses dos defensores e executantes da política dos cortes, da eliminação de direitos, das inevitabilidades, registam-se avanços e reposição e defesa de rendimentos, que embora limitados e insuficientes repuseram mais justa social, mas crescimento económico e mais emprego. Devia ter ido mais longe no que toca ao salário mínimo nacional par aos 600€. O Governo atrasou este justo objetivo. Há que persistir nas empresas e nos locais de trabalho”.

Jerónimo de Sousa na mensagem de ano novo.

Partilhe
TOP