3 a 4 Cafés por dia, o bem que lhe fazia

Por Rita Almeida / Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2018 / Publicado na categoria Curiosidades, Notícias

Já ouviu certamente alguém dizer que deve parar de tomar “tanto café”. Agora pode provar-lhe o contrário.

Para além do aumento da energia, a cafeína deixa-nos bem dispostos ao ponto de querermos sempre mais café. Segundo o site Quartz, vários cientistas realizaram estudos onde comprovam que ao fim de três a cinco horas qualquer pessoa se sente cansada e com necessidade de voltar a beber mais uma dose.

Para o Manual Diagnóstico e Estatístico das Perturbações Mentais (DSM, na sigla inglesa), da Associação Americana de Psiquiatria, o “vício” nunca foi diagnosticado como uma doença. Até porque quando percebemos que não conseguimos dormir cortamos no último café do dia.

Consegue acordar sem café? Nós também não. E o nosso ritmo circadiano agradece. Até porque sem a dose de cafeína podemos ficar com o ritmo diário desregulado.

Mas estes são apenas os efeitos no dia-a-dia. Os estudos provam ainda que a presença do café durante a vida reduz a probabilidade de contraírem doenças degenerativas como Alzheimer, Huntington e Parkinson.

No entanto, atenção: não exagere! A cafeína pode levar à morte, se a misturar com álcool ou se beber 100 cafés seguidos. O recomendado são três a quatro cafés.

Partilhe
TOP