BE defende “mais autonomia para a contratação” no SNS

Por Tiago / Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018 / Publicado na categoria Nacional

 

O BE defende uma maior autonomia das entidades integradas no Serviço Nacional de Saúde para a celebração de contratos a termo resolutivo em situações de ausência temporária de trabalho e vai entregar no parlamento um projeto nesse sentido.

O projeto de resolução do BE propõe que a Assembleia da República recomende ao Governo que a contratação a termo resolutivo em situações de ausência temporária de trabalho fique apenas sujeita a ratificação, e não autorização, por parte do membro do Governo responsável pela área da saúde, cabendo à entidade integrada no SNS a demonstração da necessidade dessa substituição”.

A iniciativa do BE foi anunciada esta sexta-feira pelo deputado bloquista Moisés Ferreira durante um debate plenário sobre Saúde, com a presença do ministro Adalberto Campos Fernandes, no qual o bloquista defendeu “mais autonomia para a contratação”.

“Essa é uma responsabilidade também do Governo”, disse o deputado.

O deputado quis saber ainda se os enfermeiros contratados para o plano de contingência da gripe, que foram “dispensados”, vão ser contratados, ao que o ministro respondeu que iriam ser contratados “todos aqueles que forem necessários e apenas esses”.

Partilhe
TOP