Porto escorrega em Belém e perde lidrança para o Benfica

Por Rita Almeida / Terça-feira, 03 de Abril de 2018 / Publicado na categoria Desporto, Notícias

O FC Porto escorrega em Belém e perde a liderança do campeonato para o rival Benfica.

Os homens de Silas cerraram os dentes para aguentar um sofrimento constante de 90 minutos e impuseram ao Porto a segunda derrota no campeonato, que custou muito caro à equipa de Sérgio Conceição.

Contudo, Silas, técnico do Belenenes, diz-se feliz com o resultado, mas não ficou satisfeito com a exibição da sua equipa.

“A nossa estratégia não surtiu efeito – o nosso objetivo não era só defender, mas também atacar. Podíamos estar muito melhor com bola. Alguns jogadores estiveram menos bem nesse aspeto. O FC Porto condicionou-nos, começámos a ganhar cedo e, inconscientemente, os jogadores ficaram mais atrás, mas não eram essas as indicações. Estou contente com o resultado, mas não com a exibição. Tem de ser melhor, mesmo contra o FC Porto. Temos de dar muito mais e podíamos ter feito muito mais”.

Já Sérgio Conceição, treinador dos dragões, diz assumir todas as responsabilidades por esta derrota e que os azuis e brancos sabem o que têm de fazer para inverter a situação.

“Assumo a responsabilidade desta derrota. Estamos todos muito tristes e desiludidos com este resultado, mas podem ter a certeza que vamos lutar muito por este título. Os jogadores têm consciência (do resultado), é preciso interiorizar e fazer mais, começando por mim, que sou o principal responsável por esta derrota. Não. A equipa que mais correu e rematou foi a do FC Porto. Para o Belenenses, um empate seria bom. Conseguiu a vitória. Mérito para eles. Nós podíamos e devíamos ter feito mais, mas os jogadores têm a consciência. Aos adeptos, que nos apoiaram e vão daqui insatisfeitos, quero dizer-lhes: fui eu, sinto-me mal com esta situação. Podia ter feito mais neste jogo, mas esta luta, posso garantir, é para continuar e vamos dar uma resposta positiva.”

O FC Porto a perder ontem no Restelo e a deixar o Benfica subir até ao primeiro lugar da tabela classificativa a faltar seis jornadas para o final da temporada de forma isolada pela primeira vez.

Partilhe
TOP