Portugal e as energias renováveis

Por Rita Almeida / Terça-feira, 03 de Abril de 2018 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

A produção de energia renovável superou, em março, o consumo de Portugal continente. Segundo a Associação Portuguesa de Energias Renováveis, este acontecimento é inédito e já não acontecia há 40 anos.

No último mês, as energias renováveis representaram 103,6%  do consumo eletrico. É necessário recuar a fevereiro de 2014 para se verificar o valor tão significativo e com alto consumo de energias renováveis na ordem dos 99,2%.

Francisco Ferreira, presidente da Associação Zero, explica a importância deste record.

“Estes dados, além de assinalarem um marco histórico do setor elétrico português, demonstram a viabilidade técnica, a segurança e a fiabilidade do sistema elétrico nacional, com muita eletricidade renovável. É inédito nos últimos 40 anos”.

Durante o mês de março houve períodos de consumo completo de energias renováveis de 70 horas com início a 9 de março e de 69 horas a partir do dia 12. O Presidente da Associação Zero, Francisco Ferreira, aproveita a ocasião para fazer um apelo.

“O registo do mês passado é um exemplo do que se passará a verificar, mais frequentemente, num futuro próximo. Espera-se que até 2040 a produção de eletricidade renovável será capaz de garantir, de forma custo eficaz, a totalidade do consumo anual de eletricidade de Portugal Continental”.

Portugal Continental com um aumento de consumo de energias renováveis e, por isso, a diminuir as emissões de Dióxido de carbono. Uma poupança na ordem dos 21 milhões de euros na compra de licenças de emissões poluentes.

Partilhe
TOP