Pato apanhado com excesso de velocidade

Por Luís Mendonça / Quinta-feira, 26 de Abril de 2018 / Publicado na categoria Curiosidades, Notícias

É mais uma estória insólita a envolver a chamada inteligência artificial. O caricato episódio aconteceu numa localidade a sul de Berna, na Suíça.

Um pato foi fotografado, duas vezes, num espaço de três dias, por um radar de velocidade. Ao que parece a zona onde se encontra este aparelho situa-se num local onde a velocidade máxima permitida por lei, para os automobilistas  circularem fixa-se nos 30 km/h.

Aquilo que aparenta ser um pato real, foi por duas  vezes fotografado a voar a mais do que a velocidade permitida para veículos. O sistema assumiu o animal como um carro, tendo obtido instantaneamente o registo fotográfico pronto para processar uma multa.

O pato voava a 52 km/h, ou seja, mais 22km do que o permitido no referido local. Na Suíça, uma contraordenação deste tipo dá origem a inibição de condução de um mínimo de um mês, uma queixa oficial da polícia e o pagamento obrigatório de uma multa.

Será que o pato aprendeu a lição?

Partilhe
TOP