Dia Mundial da Hipertensão – 15 maio

Por Rita Almeida / Quinta-feira, 17 de Maio de 2018 / Publicado na categoria Curiosidades, Notícias

O Dia Mundial da Hipertensão é celebrado todos os anos a 17 de maio desde 2005.

Para assinalar a data são realizados rastreios gratuitos à pressão arterial por várias instituições de saúde, de forma a alertar e prevenir a população para as consequências da hipertensão no organismo, com especial destaque para o AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O objetivo deste Dia Internacional da Hipertensão é combater o flagelo da hipertensão.

O tema de 2018 é “Conheça os seus valores, Controle a sua Pressão Arterial” com o objetivo de fomentar a observação regular da pressão arterial na população.

A hipertensão é a principal causa de doença cardiovascular e de morte prematura em todo o mundo, afetando aproximadamente 1,39 biliões de pessoas. Em Portugal, cerca de 40% da população portuguesa é hipertensa.

A hipertensão é uma doença crónica, que pode ser reversível, desde que se adotem hábitos de vida saudáveis. A tensão arterial elevada afeta cada vez mais a população jovem.

A tensão arterial resulta da pressão que o sangue exerce sobre as paredes das artérias. Vários fatores, de cariz genético ou ambiental, contribuem para o aumento da tensão, podendo culminar em hipertensão arterial.

A hipertensão arterial aumenta o risco de ataques cardíacos, derrames cardiovasculares e insuficiência renal. Pode ainda originar cegueira, irregularidades do ritmo cardíaco e insuficiência cardíaca. O risco de desenvolver estas complicações é maior na presença de outros fatores de risco cardiovasculares, como a diabetes.

O consumo excessivo de sal é uma das principais causas para o desenvolvimento desta patologia. Dados recentes apontam que o seu consumo, pela população portuguesa, se mantém consideravelmente superior aos valores recomendados pela Organização Mundial de Saúde (5 g por dia).

Uma alimentação equilibrada e a prática de exercício físico de uma forma regular podem ajudar a controlar a pressão arterial.

Os valores ideais situam-se nos 120/80 mm Hg (milímetros de mercúrio). Acima de 140/90 mm Hg já se considera estar numa situação de hipertensão.

Partilhe
TOP