Prisão para dono e condutor da carrinha do acidente que matou 12 portugueses

Por Tiago / Quarta-feira, 13 de Junho de 2018 / Publicado na categoria Internacional, Nacional, Notícias

O dono e o condutor da carrinha envolvida no acidente que, em 2016, matou 12 portugueses em França foram condenados a quatro e três anos de prisão, respetivamente

O Tribunal de Moulins, em França condenou a quatro anos de prisão Arménio Pinto Martins, proprietário da carrinha que esteve envolvida no acidente, que em março de 2016 matou 12 portugueses. Já o sobrinho, Ricardo Pinheiro, agora com 21 anos, o condutor da viatura, foi condenado a três anos de cadeia, segundo avança o site France Bleu.

O Ministério Público tinha pedido quatro anos de prisão para cada um dos arguidos, que estavam acusados de homicídio negligente agravado.

Na sentença ficou determinado que os dois portugueses estão proibidos de exercer uma atividade profissional relacionada com o transporte de passageiros. Ambos ficaram ainda impedidos de conduzir durante cinco anos.

O acidente aconteceu a 24 de março de 2016, na Estrada Centro Europa (Estrada Nacional 79), na localidade de Moulins, e provocou a morte a 12 portugueses que estavam emigrados na Suíça. A carrinha chocou frontalmente com um camião que seguia na faixa contrária. Apenas o condutor sobreviveu.

A carrinha em que seguiam os portugueses tinha partido da Suíça com destino a Portugal para passar a Páscoa.

Na investigação, as autoridades apuraram que a viatura seguia em “excesso de velocidade”. A carrinha tinha seis lugares, mas transportava 13 pessoas, tendo sido adicionados bancos.

Partilhe
TOP