17 Alunos sem direito a passe em Penafiel

Por Tiago / Domingo, 07 de Outubro de 2018 / Publicado na categoria Nacional, Notícias

A Câmara de Penafiel deixou de comparticipar o passe escolar a 17 alunos que escolheram frequentar, este ano letivo, o 5.0º ano numa escola fora do concelho. Os pais estão contra e fizeram um abaixo-assinado, com 300 assinaturas, que prometem fazer chegar ao presidente da República, provedor de Justiça, ministro da Educação e grupos parlamentares da Assembleia da República, entre outros. Falam em discriminação já que os alunos das freguesias de Sebolido e Rio Mau que frequentam outros ciclos de ensino, do 6.0º ao 12.0º, também fora de Penafiel, continuam a ter apoio municipal.

As crianças em causa matricularam-se na Escola Básica e Secundária à Beira Douro, em Medas, Gondomar, ao invés de escolherem a Escola Básica e Secundária do Pinheiro, em Penafiel. Para a primeira, dizem os pais, há transportes de 15 em 15 minutos, enquanto para a segunda há cerca de três vezes por dia, obrigando os alunos a esperar mais de 45 minutos. Para os pais que têm uma vida laboral sobretudo ligada ao Grande Porto também é mais difícil ir à escola, argumentam. “A Câmara sempre custeou o transporte de todos os alunos do concelho”, afirma André Silva, representante dos pais. “Num universo de mais de 10 mil alunos, só estes 17 terão de pagar. É uma discriminação absurda”, acrescenta, dizendo que não foram informados deste corte aquando da matrícula.

Partilhe
TOP