Londres reduziu o nível de alerta terrorista de ‘crítico’ para ‘severo’. Os progressos na investigação levaram as autoridades britânicas a reduzir o nível de alerta no país, de ‘crítico’ para ‘severo’ desde o atentado no metro de Londres na passada sexta-feira, anunciou a ministra da Administração Interna. O nível de alerta ‘severo’, o segundo mais

IRMA: 112 portugueses à espera de resgate

Quinta-feira, 14 de Setembro de 2017 por

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, esclarece que existem pelo menos 112 portugueses à espera de resgate. O avião enviado pela Força Aérea não chega para todos, por isso a retirada dos cidadãos nacionais deverá decorrer numa operação concertada, conforme revelou à RTP. “O esforço conjugado com várias autoridades e por essa

Furacão Irma destrói Caraíbas

Quinta-feira, 07 de Setembro de 2017 por

Furacão Irma destrói as Caraíbas e já provocou nove mortos. É o maior furacão de sempre a atingir esta região do globo, com ventos superiores a 300 km’s por hora. O Irma deverá manter-se como furacão durante vários dias. As Autoridades Portuguesas estão a acompanhar a situação, uma vez que há cidadãos portugueses nas Antilhas.

13 mortos no ataque terrorista em Barcelona

Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017 por

Estado Islâmico reivindica ataque terrorista de ontem a tarde em Barcelona. Uma carrinha atropelou uma multidão, ontem, numa das ruas mais movimentadas e turísticas, na Rambla de Caneletes, mesmo no centro de Barcelona. Já foram confirmados 13 mortos e mais de cem feridos. Quanto aos suspeitos do ataque terrorista, dois já forma detidos e um

Só uma minoria de refugiados tem emprego

Terça-feira, 21 de Março de 2017 por

Trabalham no comércio, serviços e fábricas e ganham em média o ordenado mínimo. Os restantes recebem subsídio de 150 euros Dos 509 refugiados em idade ativa que estavam em Portugal em dezembro, só 78 tinham arranjado trabalho. Ou seja, as estatísticas, as últimas consolidadas pelo gabinete do ministro Adjunto – responsável pelo acolhimento e integração

Diplomaticamente como convém, mas reafirmando princípios inalienáveis como o multilateralismo. Guterres lança remoques a Trump. Reconhece necessidade de reformas e sublinha convergências. Mas insinua esperança na acção do Congresso. António Guterres reagiu esta quinta-feira diplomaticamente ao anúncio de cortes na contribuição americana para a ONU previstos no projecto de orçamento que o Presidente dos Estados

TOP